NOTÍCIAS

Visual Mix apresenta equipamento inovador para o PDV

  • 27/03/2017
  • Exposuper

Empresa que trabalha para desenvolver novas tecnologias para alavancar o varejo brasileiro, a Visual Mix sai na frente mais uma vez, quando se trata do aprimoramento da tecnologia para frente de caixa.

A companhia traz para atender as necessidades de hipermercados e lojas de atacado de autosserviço, com exclusividade no Brasil, o Jade, PDV ou caixa que atende compras numerosas, solução que até o momento os supermercados no País não encontravam à disposição em “solo nacional”. “A Visual Mix tem o cuidado de estar sempre à frente com novas tecnologias. Estamos trazendo com o Jade para a operação da frente de caixa, ganho de produtividade e de tempo através da diminuição de filas no supermercado, trabalhando em conjunto com a prevenção de perdas para tornar o cliente mais feliz”, ressalta Roseli Morsch, diretora-comercial da Visual Mix.

O checkout Jade é o primeiro do Brasil indicado para compras numerosas. O equipamento registra até 60 itens por minuto - produtividade que equivale a três operadoras comprometidas trabalhando. No PDV, os produtos são colocados pelo cliente sobre a esteira em qualquer posição, e ao passar pelo scanner, os códigos de barras dos itens são lidos. O scanner é capaz de capturar os códigos em 360°, o que torna o PDV um terminal de alta performance.

Na loja, o Jade ocupa o espaço físico de no máximo dois checkouts, porém com uma produção equivalente de até quatro caixas em funcionamento com um operador (a). “Desenvolvemos o PDV no Brasil em conjunto com a Datalogic e a Fast. Se trata de um modelo mais compacto e melhor pensado para seguir a característica do varejo brasileiro, ao contrário da operação que é adotada no exterior, que é bastante complexa, além do terminal ocupar muito mais espaço dentro da loja”, afirma Roseli.

A primeira rede de supermercado a instalar o terminal no Brasil foi a Condor, no mês de Janeiro de 2017, em seu hipermercado, localizado na Rua Nilo Peçanha, em Curitiba, no Estado do Paraná. Porém, a expectativa da Visual Mix é que pelo menos dez bandeiras varejistas ou mesmo atacadistas, implantem e tecnologia em suas frentes de caixa no País até o final deste ano.